A crescente necessidade de maior produtividade, menor ruído, menor vibração e maior limpeza nas obras
urbanas proporcionou a introdução da tecnologia do martelo vibratório no Brasil. Inicialmente utilizados
como auxiliares na introdução de tubos metálicos na fundação de pontes e na instalação de estaca-prancha
em obras portuárias, sua utilização em obras urbanas prediais vem crescendo. Este trabalho faz um resumo
do uso da tecnologia do martelo vibratório, parâmetros para a escolha de martelo vibratório adequado, e
sugere uma metodologia para a escolha adequada de martelos vibratórios. A metodologia sugerida é
validada para 5 obras executadas com êxito em Santos, SP e no Rio de Janeiro, RJ.

Para ler o trabalho clique aqui