O presente trabalho apresenta um caso da construção deum edifício de 17 pavimentos localizadona cidade de Santos, S.P., cujasfundações foram projetadas e executadas com estacas metálicas profundas, constituídas por elementos de seção variável. São apresentados as características geotécnicas locais, os principais critérios de dimensionamento e os resultados da prova de carga estáticai nstrumentada em profundidade,realizada em dezembro de 2006, em uma estaca de 49,0 m de comprimento. É apresentado também um métodosemi-empírico de previsão de capacidadede carga para estacas metálicas naBaixada Santista.Será abordado ainda a utilização doscontroles tradicionais de cravação taiscomo negas e repiques para este tipo de estaca.

Leia mais