O objetivo do trabalho é apresentar critérios de projeto, dimensionamento e execução, viabilizando a escavação de obras em Santos com três subsolos. O subsolo arenoso, com nível d’água elevado, seguido de argilas moles típicas da baixada santista limita o emprego de vários tipos de contenção. Nesta obra empregou-se parede diafragma e metodologia invertida, com travamento estrutural. O uso de tirantes foi limitado ao nível inicial e apenas na região onde o vizinho é um prédio em fundação direta.

Esta é a primeira obra, na região do Gonzaga, a duas quadras e meia da praia, com 9m de escavação a partir da rua. Leia mais